Mensagens e Textos
Méritos Para a Felicidade

Pelo fato de vivermos inseridos na sociedade, como seguidores do ensinamento de Oyassama, devemos tomar sempre o cuidado de não sermos levados ou influenciados pelo pensamento comum, modismos ou cogitação humana.O homem pensa estar usando e movimentando o corpo, o espírito e a sua sabedoria de acordo com a sua vontade, pensa que está vivendo pela força do seu raciocínio, mas está totalmente equivocado. O homem foi criado por Deus-Parens e vive graças à proteção que lhe é concedida; e ainda, foi-nos permitida a liberdade plena do uso espiritual.Se deixarmos acumulados méritos e virtudes, Deus-Parens vai nos conceder as coisas de acordo com esse merecimento.

Para acumular méritos é preciso agir no dia a dia de maneira a corresponder ao desejo de Deus. Por exemplo, Deus nos concedeu a graça da visão para ver o mundo, mas podemos usar de várias maneiras. Podemos usar os olhos para rebaixar as pessoas, para humilhar, para mostrar inveja ou para discriminar. O melhor seria usar os olhos para alegrar e animar o próximo. Usar de um modo que a nossa visão esteja de acordo com a vontade de Deus. Dessa maneira estaremos acumulando virtudes.

O trabalho do espírito não tem forma concreta, mas é a única coisa que pertence ao homem. O restante, a começar do corpo e de todas as coisas que existem neste mundo são empréstimos de Deus-Parens. Assim, para que possamos usar livremente e por um longo tempo estes empréstimos, devemos manter sempre o espírito de ajuda e salvação mútua.A liberdade espiritual não significa que cada um pode agir conforme o seu desejo, fazendo apenas coisas do seu interesse e benefício. Desta forma não receberemos a proteção de Deus. Deus observa as nossas atitudes e concede a graça de acordo com o merecimento de cada um.

Para quem não conhece ou não compreende esta verdade, geralmente pensa que tudo é possível de se fazer tendo vontade, ou que se consegue fazer conforme a sua força e capacidade.À primeira vista, isto parece ser lógico e natural, porque o homem parte do princípio que vive somente com a sua própria força. Mas este tipo de pensamento equivocado, a primeiro momento, pode parecer funcionar bem, sem nada que diga o contrário, mas logo o leva a um beco sem-saída. Se esse pensamento for realmente correto, uma pessoa com excelente saúde e capacidade física e intelectual que se esforça diariamente pelo sucesso na vida, não precisaria se lamentar pela falha, infelicidade e desgraça inesperada.

No ensinamento, qualquer graça onipotente é concedida dependendo unicamente da ‘razão do espírito’ ou da ‘proteção conforme o espírito’.Temos no Ofudessaki:Se não souberem que o corpo de cada um é tomado emprestado, não compreenderão nada. Ofu. III-137Está sendo explicado que de nada adianta sermos vaidosos e orgulhosos da nossa própria força e inteligência. Ao recebermos uma orientação, ou seja, uma vez adoentados, sofremos sob febres, dores e calafrios e podemos chegar ao ponto de nem mover um simples membro do corpo.

Se refletirmos bem sobre isso, seremos convencidos de que o corpo é realmente emprestado de Deus-Parens.Farei com que não tenham dificuldades. Venham a amparar-se no espírito de Deus. Mik. IX-2Se não desejarmos passar por dificuldades e sofrimentos, devemos nos amparar nos ensinamentos de Deus, assim, seremos conduzidos para a vida plena de alegria e felicidade.

Jornal Tenirmar
Igreja Tenrikyo - Casa Missionária Tenrimar
Rua José Pereira da Costa, 579 - Jardim Tabaete - Maringá/PR - CEP: 87005-220 - Tel (44) 3301-9818
www.tenrimar.com.br
Desenvolvido por Nexus Design